Projeto Parceria


 

 

 

A história da União da Ilha da Magia, carinhosamente chamada de UIM, começa a ser traçada em 1993 quando um grupo de amigos inspirados na “Banda da Lagoa”, que se apresentava no Boulevard (centrinho da Lagoa) motivaram-se a comprar instrumentos e ensaiar, sonhando em um dia fazer parte desta banda. Este sonho concretizou-se em 1994, enquanto todos viviam a energia da Final da Copa do Mundo em que o Brasil foi campeão, os amigos festejavam a conquista de receber um convite para tocar ao lado da banda que eles tanto admiravam. Essa parceria seguiu até 1996 quando então entusiasmados pelo desejo de ecoar o samba pela cidade, criaram uma bateria show, que em pouco tempo tornou-se uma das atrações mais requisitadas da cidade! Com a popularidade, a bateria show deu lugar ao Bloco Carnavalesco União da Ilha da Magia.

Fundado em 13 de maio de 2000, o Bloco atingiu grandes proporções promovendo arrastões em seu berço, a Lagoa da Conceição, envolvendo os foliões com muita música e alegria. Em 2006, a Prefeitura Municipal reeditou o concurso de blocos carnavalescos na Passarela do Samba. Foi então que a UIM, destaque em organização e desfilando nos moldes de uma escola de samba, conquistou três títulos consecutivos. O público, a cada carnaval crescia, na mesma proporção dos sonhos dos diretores e da comunidade que acompanhava o Bloco Carnavalesco União da Ilha da Magia. Alimentados por este sonho e com um ideal em mente, foi escolhida a data de 13 de maio de 2008, na Praça Bento Silvério, cenário de toda a sua história, para que nascesse uma nova geração no carnaval de Florianópolis. Estava fundado o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba União da Ilha da Magia.

Com pouco tempo de trabalho até o carnaval e ainda iniciando sua vida como escola de samba, a UIM fez uma estréia mágica em fevereiro de 2009. Com 2.057 componentes emocionados e muita chuva batizando a sua primeira passagem, a União da Ilha da Magia levou para a Avenida o enredo “A Lagoa dos meus sonhos” em homenagem ao seu bairro de origem.

Em 2010 o enredo “A Magia dos Deuses” tomou conta do espetáculo e levou 2.500 componentes para a Avenida. O desfile foi surpreendente e um marco no carnaval. A escola encantou o público e embalou foliões e espectadores que cantavam o samba e se deixavam contagiar pela beleza da comissão de frente que majestosamente abria a passagem para os demais setores da escola. Neste ano, a UIM conquistou o vice-campeonato, que foi comemorado intensamente por todos que o fizeram acontecer.

5 de fevereiro de 2011 será para sempre uma data inesquecível. Não havia tensão no ar, a Diretoria Executiva da União da Ilha da Magia administrava serena a conquista de uma vitória histórica que estava por vir. Uma nação inteira de amor e energia entrava na avenida.

Com o enredo “Cuba Sim! Em nome da verdade” a UIM fez da Passarela Nego Quirido uma batalha das emoções. Não se celebrava a guerra, mas o direito de ser livre! Livre pra viver uma história, pra cantar um ideal, para celebrar o Carnaval. Sentia-se o aroma contagiante da alegria no ar, ouvia-se a vibração equalizada das batidas compostas pelos instrumentos da bateria e via-se o sentimento de realização nos olhos de cada um dos componentes da escola. Foi possível gritar pela igualdade e chorar a conquista de um campeonato no terceiro desfile de carnaval como escola de samba.

O título foi uma consequência do planejamento e da realização plena que a direção e cada um dos integrantes sentiu para contar e cantar essa história campeã.

No Carnaval 2012 a UIM preparou um enredo “Uma Bella Storia”, que, como o título já diz, contou na avenida a história de amor entre a Itália e o Brasil, desde a colonização até os dias atuais. Os integrantes da UIM iniciaram o desfile ao som da tarantela e renderam homenagens ao povo italiano que deixou sua marca registrada em terras brasileiras com trabalho, perseverança e paixão.


Em 2014, a União da Ilha da Magia convidou a comunidade para embarcar na viagem ao lado de um dos maiores artistas de todos os tempos: Bob Marley. Com o enredo “Da Lagoa à Jamaica, uma viagem ao lado do Rei!“, a escola  mostrou o legado que Robert Nesta  Marley deixou ao mundo através da música, em especial o reggae, sempre embalado nas mensagens de luta, paz e luz...

No Carnaval 2015, a União da Ilha vai contar a História do Surf em todo o mundo, desde as origens do esporte, há mais de mil anos, na África e no Peru, até os campeonatos atuais e os grandes atletas. O público vai conhecer os campeonatos no Havaí, onde a prática do surf estava ligada às raízes culturais, artísticas e religiosas; a prática do esporte na Polinésia, com pranchas longas, feitas a partir de um ritual religioso, passado de geração para geração; o surf praticado pelos nativos, pela realeza mundial; as conquistas de atletas de todas as nacionalidades; o carisma do surf em todas as nações. Um esporte que conquistou as telas de cinema, ditou regras, costumes e invadiu a indústria e o comércio com artigos esportivos. A comunidade de Florianópolis vai relembrar o fascínio dos “meninos do mar” pelo esporte; o intercâmbio entre surfistas de outras cidades e de outros países; os campeonatos de surf; a profissionalização do esporte; a integração entre pescadores, surfistas e comunidade; a importância deste esporte na divulgação da cidade para o mundo. A proposta é unir na Nego Quirido os personagens e os capítulos desta trajetória que marcou para sempre o mundo do esporte.

 

Colaboradores: